QUEM sOMOS

       O Mulheres que Conduzem é projeto feminista que promove um espaço de fortalecimento da mulher dentro da dança a dois e da sociedade. Foi concebido com intuito de criar uma rede de apoio e desenvolvimento do potencial da mulher no forró e possibilitar a vivência, a pesquisa e a profissão da dança a dois de forma mais igualitária entre os gêneros.

        Por conta do machismo muito presente no ambiente forrozeiro, em 2014, iris De franco e Fe Squariz tiveram a ideia de organizar um coletivo para que as mulheres  pudessem estudar, pesquisar e refletir o forró, pensando a dança como um ato político.

 

        Foi em 2016 que o projeto Mulheres que Conduzem se anunciou para o público com aulas,  bailes , textos, formação de professoras e rodas de conversa que incentivam o protagonismo das mulheres na cena do Forró. O Mulheres que Conduzem foi um dos projetos pioneiros na cena do Forró Urbano a oferecer aulas de condução alternada, cursos só para mulheres, bailes livres de gênero e a acolher o público LGBTQi+.

 

    Estimulando um ambiente mais inclusivo dentro do Forró e fomentando a transformação social através da dança a dois reflexiva, terapêutica e política, o Mulheres que Conduzem tem influenciado muitas mulheres das novas gerações de forrozeiras a começarem também a protagonizar na cena do forró, e visto crescer o número de mulheres conduzindo nos bailes, lutando contra violência de gênero e abordando questões feministas.

 

        Uma grande transformação social tem ocorrido no cenário do forró de 2014 para os dias de hoje e o Mulheres que Conduzem continua ampliando sua rede de apoio e fortalecendo as mulheres no forró, na dança e na vida.